Lutero Vargas I

Entrevista

Lutero Vargas I

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e desempenho das elites políticas brasileiras", parte integrante do projeto institucional do Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde a sua criação em 1975. Trechos da entrevista foram publicados no livro GETÚLIO: uma história oral. / Valentina da Rocha Lima (Coordenação) ; Dora Rocha...[et al]. Rio de Janeiro: Record, 1986. 321. il. A escolha do entrevistado justificou-se por ser filho mais velho de Getúlio Vargas e ter ajudado a fundar o Partido Trabalhista Brasileiro em 1945.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Valentina da Rocha Lima
Data: 26/3/1983
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h45min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Lutero Vargas
Nascimento: 24/2/1912; São Borja; RS; Brasil;

Falecimento: 4/10/1989; Porto Alegre; RS; Brasil;

Formação: Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil.
Atividade: Tenente-Médico na II Guerra Mundial (1944-45); deputado federal DF (1951-59); deputado estadual GB (1961-62); presidente do Partido Trabalhista Brasileiro - PTB (1964-65).

Equipe

Levantamento de dados: Valentina da Rocha Lima;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Valentina da Rocha Lima;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Verena Alberti;

Temas

Getúlio Vargas;
Governo Getúlio Vargas (1934-1937);
Governo Getúlio Vargas (1951-1954);
Lutero Vargas;
Política;
Rio Grande do Sul;

Sumário

Entrevista: 26.03.1982
Lembranças do pai na infância; as fazendas do avô e as lembranças dos avós; referências à amizade dos Vargas com Pinheiro Machado e à ligação com Julio de Castilhos; a luta política entre os Vargas e Borges de Medeiros; a família Dornelles e sua posição política no Rio Grande do Sul; lembranças da mãe na infância; os estudos no Colégio Anchieta; considerações sobre o nome do entrevistado; as leituras e as figuras de relevo preferidas por Getúlio Vargas; breve menção aos encargos de Getúlio como advogado; as residências de Getúlio no Rio Grande do Sul; breve menção ao casamento dos pais em 1910 e à importância comercial de Buenos Aires na época; a ligação com a terra; breve caracterização do estilo político de Vargas; o gaúcho da fronteira; o modo de vida de Vargas; considerações sobre a formação militar; a escolha da medicina como profissão; as origens das famílias Vargas e Dornelles e suas relações no Rio Grande do Sul; lembranças dos tios, irmãos de Getúlio Vargas; o desentendimento político entre Protásio Vargas e Getúlio; a relação com Pedro Ernesto; a permanência no exterior entre 1939 e 1945; a preocupação com a medicina e o distanciamento da política no primeiro governo Vargas; opiniões sobre o Estado Novo; o casamento em 1940, a reação de Vargas e breves considerações sobre a lealdade ao pai; as razões que levaram o entrevistado a se apresentar como voluntário na Segunda Guerra Mundial; o desapontamento de Vargas no final do primeiro governo; o ingresso na política elegendo-se deputado pelo Distrito Federal em 1950; o exílio de Vargas e comentários sobre sua volta em 1950; o segundo governo Vargas e a composição do ministério; críticas a João Neves da Fontoura; a atuação na Câmara Federal em defesa da nacionalização dos bancos; análise da atuação do udenistas; referência à preocupação de Getúlio com o problema sucessório; perfil de Vargas e seus amigos; detalhes do atentado da Toneleiros e análise da crise de 1954; comentários sobre o comportamento de Gregório Fortunato; detalhes da última reunião ministerial e análise do suicídio de Vargas; o episódio da doença de Getulinho e o encontro de Getúlio com Roosevelt; a admiração por Getúlio e a opção pela política.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados