Nilcéa Freire II

Entrevista

Nilcéa Freire II

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memória de um Office na periferia: o Escritório da Fundação Ford no Brasil”, desenvolvido em convênio com a Fundação Ford, entre janeiro de 2011 e julho de 2012, com o objetivo de constituir um acervo de depoimentos histórico-documental sobre os 50 anos da atuação da Fundação Ford no Brasil e a posterior disponibilização dos depoimentos gravados na internet.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Lúcia Lippi Oliveira
Helena de Moura Aragão
Data: 25/5/2012
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h23min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Nilcéa Freire
Nascimento: 14/9/1952; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Possui graduação em medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), fez residência em parasitologia na mesma instituição e mestrado em ciências biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no Museu Nacional.
Atividade: Professora da faculdade de ciências médica de parasitologia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ);pesquisadora na área de esquistossomose e malária na Fundação Oswaldo Cruz; reitora da UERJ (2000-2003); durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi Ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) (2004-2010). atualmente supervisiona todo o trabalho da Fundação Ford no Brasil.(2011- ).

Equipe

Levantamento de dados: Verônica R. Bevilacqua Otero Spicer;Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Helena de Moura Aragão;Lúcia Lippi Oliveira;

Transcrição: Liris Ramos de Souza;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque; Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Laura Mie de Azevedo Nicida;

Temas

Carreira acadêmica;
Centro Brasileiro de Análise e Planejamento;
Cooperação internacional;
Crises econômicas;
Crises políticas;
Eleições diretas;
Feminismo;
Formação acadêmica;
Fundação Ford;
Fundação Oswaldo Cruz;
Governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2010);
Medicina;
Militância política;
Partido Comunista Brasileiro - PCB;
Partido dos Trabalhadores - PT;
Pós - graduação;
Redemocratização;
Sistema de cotas;
Universidade Federal do Rio de Janeiro;

Sumário

Entrevista 25 de maio de 2012: A formação em medicina na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e o mestrado em ciências biológicas na Universidade Federal do Rio de Janeiro; a carreira acadêmica dentro da UERJ e o trabalho na Fundação Oswaldo Cruz; o período de redemocratização e a primeira eleição direta na universidade do professor Ivo Barbiere; a carreira administrativa dentro da universidade; o convite do presidente Lula para trabalhar na Secretaria de Políticas para as Mulheres; a trajetória da militância política, a experiência no Partido Comunista Brasileiro (PCB) e o envolvimento com o feminismo; o primeiro contato com a atuação da Fundação Ford e a criação do Centro Latino Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM); a instituição do sistema de cotas no vestibular da UERJ; o processo de ida para a Fundação Ford; a crise mundial e os impactos na Fundação Ford; a permanência da Fundação Ford no Brasil e a discussão com os escritórios BRICS; o perfil de atuação da Fundação Ford no Brasil; opiniões sobre a Fundação Ford; a criação da Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap); a saída do PCB e a filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT); a atuação da Fundação Ford na área de saúde reprodutiva; considerações finais.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados