Roberto Teixeira da Costa

Entrevista

Roberto Teixeira da Costa

Entrevista realizada no contexto do projeto “História Oral da Comissão de Valores Mobiliários”, desenvolvido pela FGV Direito Rio, com o acompanhamento e em parceria com o CPDOC e financiamento da Presidência da FGV, entre junho de 2017 e outubro de 2018, com o objetivo de construir um acervo audiovisual de entrevistas sobre a fundação da instituição e seu funcionamento nos primeiros anos.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Izabel Saenger Nuñez
Paulo Augusto Franco de Alcântara
Data: 26/10/2017
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 3h21min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Roberto Teixeira da Costa
Nascimento: 3/12/1934; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Graduação em Economia na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Brasil (atual UFRJ).
Atividade: Vice-presidente de mercado de capitais do Unibanco (1965-1977); presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) (1977-1979); presidente da Brasilpar (1980-1996); presidente internacional do Conselho de Empresários da América Latina (CEAL) (1998-2000); fundador do CEBRI – Centro Brasileiro de Relações Internacionais e da Prospectiva – Consultoria Brasileira de Assuntos Internacionais; conselheiro do Grupo de Acompanhamento da Conjuntura Internacional GACINT/ IRI no Instituto de Relações Internacionais da Universidade São Paulo (USP); membro do Conselho de Administração da Sul América S/A.; membro do Conselho Deliberativo do MASP; presidente do Conselho de Administração da BRIX Energia e Futuros S.A.; presidente da Câmara de Arbitragem da Bolsa de Valores de São Paulo.

Equipe

Levantamento de dados: Yasmin Curzi;Clara Leitão de Almeida;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Yasmin Curzi;Clara Leitão de Almeida;

Transcrição: Gabriela Franco Duarte;

Conferência da transcrição: Yasmin Curzi;

Técnico Gravação: João Paulo Pugin Silva;

Temas

Assuntos familiares;
Atividade profissional;
Crises econômicas;
Crises políticas;
Donald Trump;
Economia;
Estados Unidos da América;
Família;
Formação escolar;
Formação profissional;
Golpe de 1964;
Governo João Goulart (1961-1964);
Governo Juscelino Kubitschek (1956-1961);
Infância;
Mário Bulhões Pedreira;
Mário Henrique Simonsen;
Mercado financeiro;
Petrobras;
Pós - graduação;
Produção intelectual;
Trajetória política;
Universidade de Columbia;
Walter Moreira Salles;

Sumário

Entrevista: 26 de outubro de 2017

Apresentação e origens familiares. Infância e trajetória escolar no Mallet Soares. Preparatório para o vestibular e escolha pelo curso de Economia na Faculdade Nacional de Ciências Econômicas. Relacionamentos na Faculdade Nacional de Ciências Econômicas. Mudança para Copacabana. Início da trajetória profissional: estágio na Citibank e passagem pela Deltec. A escolha pelo curso de Economia. Formatura em 1960. Trabalho dos pais. Lembranças da faculdade. Trabalho no Citibank. Trabalho na Deltec. Deltec como pioneira na criação do mercado. Lembranças do governo de Juscelino Kubitschek; inflação e confiança dos brasileiros; Lembranças do governo de João Goulart; crise política e crise econômica. Ida para Winscosin para cursar o mestrado; bolsa pelo programa Brazilian Student Leader Seminar in Economics, em 1959. Criação das figuras de analistas de mercado; Criação da Associação Brasileira de Mercado de Capitais (ABAMEC), em 1970. Crise dos fundos de investimento do Condomínio Deltec. Criação do Banco de Investimentos do Brasil pelo Grupo Moreira Salles, em 1966. Lembranças do período da ditadura militar. A criação da Lei das S/A, em 1965, e o papel dos fundos de investimento. Relação com Mario Henrique Simonsen. O pedido de estruturação da CVM. Relação com Bulhões Pedreira durante período no BIB. O convite para a CVM. Relacionamento conjugal. A saída do mercado e a entrada para o governo. Reuniões de colegiado na CVM. Dinâmicas entre mercado e governo. Viabilização de recursos para a CVM, estabelecimento da CVM no prédio da IBMEC, no Rio de Janeiro. Estruturação de competências da CVM. A saída da CVM. A saída do governo e o retorno ao mercado; atuação na Brasilpar com Walther Moreira Salles. Ida para Columbia, em Nova Iorque, como Visiting Scholar. Lava-Jato; Trump; lançamento de livro de sua autoria pela editora FGV. Memórias difíceis: o caso Petrobras.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados